Diretoria

Sicoob Secovicred MG

Governança

“A Governança Cooperativa é o conjunto de mecanismos e controles, internos e externos, que permite aos cooperados definir e assegurar a execução dos objetivos da cooperativa, garantindo sua continuidade e os princípios cooperativistas” (do livro – Governança cooperativa | Banco Central do Brasil).

 

A Sicoob Secovicred MG segue as normas do Banco Central do Brasil e as orientações de boas práticas do Sicoob. O objetivo é implementar mecanismos mais eficazes de governança de forma a assegurar a missão da cooperativa e proporcionar os melhores resultados aos seus cooperados.

Arquivos para download

Estatuto.pdf Lei 5764.pdf

Nosso desempenho | 2016

Embora seja uma das mais novas cooperativas de Minas Gerais, a Sicoob Secovicred MG vem obtendo um desempenho expressivo. Com a estratégia de focar nas operações de cobrança específica para o mercado imobiliário, a Secovicred MG conseguiu enfrentar com maior segurança o período crítico das operações de crédito no Brasil.

 

As diversas ações empreendidas pela cooperativa, garantiram um crescimento relevante da sua estrutura de capital. Além das capitalizações constantes garantidas em seu estatuto, a atratividade da remuneração a 100% do CDI foram decisivas para atrair novos aportes.

 

Abaixo seguem alguns dos números apurados no terceiro trimestre de 2016 em relação a 2015.

Capital
Ativos
Depósitos totais

Órgãos de administração

Conforme estabelecido em seu estatuto, a partir de abril de 2017 a Secovicred MG passou a ser dirigida por sua Diretoria que é composta da seguinte forma:

 

  • Diretor presidente
  • Diretor administrativo
  • Diretor financeiro
  • Diretor jurídico

 

Além da diretoria a estrutura da cooperativa conta ainda com dois importantes órgãos:

 

  • Conselho consultivo – formado por até 10 membros cooperados, cabe a este conselho sugerir estratégias, acompanhar as execuções e fiscalizar o cumprimento do planejamento estratégico.

 

  • Conselho fiscal – formado por três membros efetivos e três suplentes, todos cooperados, este conselho tem o dever de fiscalizar as contas da cooperativa e cobrar o cumprimento das normas.

Direito a voto

Em todos os órgãos da administração é possível a sua participação. Como todo cooperado tem o direito a um voto, é também elegível a todos os cargos da administração Conheça o estatuto social e o regulamento eleitoral e saiba como participar.

  Diretoria
  • Diretor presidente: Ariano Cavalcanti de Paula
  • Diretor administrativo: Leonardo da Mota Costa
  • Diretor financeiro: Luiz Fernando Rievers Machado
  • Diretor Jurídico: Paulo César de Souza Andrade
   Conselho consultivo
  • Presidente: Maurício Chebly
  • Vice-presidente: Mônica de Amorim Ximenes de Souza
  • Membro efetivo: Giovani Baroni
  • Membro efetivo: Jamerson Albuquerque Leal
  • Membro efetivo: Omar Vieira Fiho
  • Membro efetivo: Mário Ohana
     Conselho fiscal
  • Efetivo: Achilles Ribeiro Seabra Eiras
  • Efetivo: Mário Luiz da Cunha
  • Efetivo: Rodrigo Silva de Moura Nunes
  • Suplente: Marcio de Souza Pereira
  • Suplente: Patrick Gomes da Costa
  • Suplente: Reinado Altimiras Nogueira Branco

Solicite um contato e ligaremos para você. Contato